Neurótica

O medo brinca em meu corpo como uma criança que, por graça, se esconde de um adulto. Tento me ocupar, esquecer o que está por vir. Assim que penso que esqueci, lembrei.

Como será? Como será? Como será?
Fico tentando prever o imprevisível. Penso em meios de reparar erros que ainda não cometi. Perco o sono me imaginando perdida, tento memorizar mapas que nunca vi, descobrir palavras que não vou usar.

Me lembro, como quem não quer, que não tenho controle total. Tento me deixar levar… Gosto do sentimento, por instantes. Logo a neurose volta: como será? Como será? Como será?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: