Esquizoidia

Inventamos pessoas que não existem. Fantasiamos em cima da realidade que não queremos enxergar. Arranjamos desculpas, fazemos apelos. Choramos quando esse gap de realiadade e ilusão fica visível demais para simplesmente ignorá-lo.

Nos isolamos. Montamos um forte a nossa volta. Não deixamos ninguém real passar. Pessoas defeituosas não são aceitas. Apenas as ideais. Mas esquecemos de nos perguntar: isso existe?

Não nos adaptamos a realidade que insiste em entrar pelos buracos do muro. Novas crises, novo desejo de solidão. Como queremos que algo mude, se as atitudes continuam as mesmas?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s