Carta a um ex-amigo

Bernardo,
fiquei horas pensando se deveria escrever ou não. Acontece que faz uns meses que estou com isso tudo entalado na garganta e está me fazendo mal não dizer. Porém, não é um assunto nada agradável e provavelmente você não vai gostar do que vai ler. Mas entre a crueldade de dizer e a negligência de não dizer, prefiro ser cruel, esvaziar meu peito e te fazer pensar (e quem sabe até mudar!).

Você ainda não reparou que não somos mais amigos? Não temos nada em comum! Minha vida andou, querido, estou em outra. E você? Você é o mesmo loser de sempre, 30 anos nas costas, sem amigos de verdade, morando na casa dos pais e desempregado. Ainda por cima, vive se humilhando pra conseguir migalhas de atenção de uma pessoa que caga e anda pra você. E vive por aí, com o rei na barriga, achando que tudo de mal que te acontece é culpa da aleatoriedade do Universo! Wake up, cara!

Não vê que o problema todo é você mesmo? Sempre rabugento, ranzinza e fanático! Sim, porque apesar de você ser ateu, é fanático e chato pra caralho! E olha que eu até simpatizo com essa ideia!

Então eu te dou uma dica: reveja seus conceitos! Desse jeito você vai morrer sozinho, sem ninguém pra sentir de verdade tua falta e só vão achar teu corpo uma semana depois, quando o fedor tomar conta da casa! Sim, você fede, querido! Exatamente como todos os outros seres humanos que você faz questão de dizer que são menos que você.

Fica a dica!
Fabiana.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: