Leprosa

Sou como leprosa
dos tempos bíblicos:
nem eu me suporto,
não tolero espelhos.
Só solidao,
solidão,
solidão.

Será que sou eu mesma?
Ou será que me desfaço?
Despedaço?

Não recordo,
não me importo.

O único desejo que em mim vigora?

Morrer só e esquecida,
mas em paz com minhas feridas.

4 comments
  1. Oi,

    Aproveitando para agradecer a visita e o comentário, muito oportuno.

    Sobre este texto, embora creia que ela possa (em sua formatação) ser melhora, consegue traduzir sim um sentimento presente nesta sociedade moderna: amputação e solidão.

    Todos nos sentimos (de uma forma ou outra) divididos – com uma sensação de desencaixe. Muitos (uns mais que outros) vivem a solidão.

    Sobre a morte… A morte é a morte, rs. De qualquer forma estaremos sós nela, creio eu.

    Beijo,

    Jonathan Constantino
    (apareça mais)

  2. Jota!
    Obrigada pela visita novamente.. Sinta-se a vontade pra palpitar mais diretamente no que eu escrevo. To comecando a levar isso a serio agora, aprendendo, testando. Tudo aqui e experimentacao: tentativa e erro! Muita coisa ruim, algumas coisas que deram certo! heheh. Mas tudo muito sincero! 😉

    O mal do mundo e a solidao mesmo. Que dificuldade de conexao, ne? Em plena era da internet! Contradicoes, contradicoes…

    Teu blog nao tem a opcao Subscribe! Acho que voce devia colocar… 😉
    Vou dar mais umas fucadas por la, pode deixar. Se quiser trocar umas figurinhas mais concretas, me passe teu email!

    Beijo!

  3. Oi,

    Pode deixar então que me intrometerei – brincadeira, vamos dialogar mesmo.

    Refletir sobre o que se escreve e valorar isto é coisa que perdemos na produção literária do mundo, na verdade. Sendo cada livro apenas uma peça de mercado, pouco importa o rigor e o conteúdo. O que é uma pena e uma perda.

    Obrigado pelas visitas.

    Sobre o “subscribe”, havia, mas quando mudei o layout sumiu. Como ainda não pude reorganizá-lo como deveria, não pude recolocar.

    De qualquer forma, segue aqui meu e-mail, vamos sim trocar figurinhas: versosnalinhadotempo@gmail.com

    Beijo

    J.

    • Realmente… hoje em dia, qualquer porcaria vira best-seller.
      Nem autores e nem leitores se preocupam mais com isso, o que e lamentavel!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: