Tranformação ou A árvore que virou semente

IMG_2472-2

Tahaki Reserve – New Zealand

sou a árvore na margem
e o rio pede passagem.
revolto e inconstante,
caudaloso e vibrante.

o vento vem me chacoalhar
o rio as minhas folhas a levar…
(como o invejo, amaldiçoo!)
e eu, parada,
onde não queria estar.

o tempo passa,
eu envelheço,
crio casca,
amadureço.

mas não me mexo…
não me mexo,
desfaleço.

*

Quando acordo
não sou eu.
Sem folhas,
sem galhos,
sou semente dita morta
levada pelo vento.

muito tempo demorei,
terras distantes visitei,
flores encontrei,
de espinhos desviei.

e em meio a vulcões e montanhas
terra fértil encontrei.

em meio a lembranças e futuro, brotarei.
as magoas esquecerei, frutificarei.
morrerei em paz com o rio que um dia invejei.

– – –
You can read the translation by clicking here.

5 thoughts on “Tranformação ou A árvore que virou semente

  1. Pingback: Elektrische Zahnbuerste

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s